Depressão secundária ou orgânica

A depressão pode ser classificada dentre vários segmentos. Em relação à causa, divide-se em primária e secundária.

A depressão primária é causada por fatores biopsicossociais e não está relacionada com doenças prévias. Já a secundária, também denominada orgânica, é causada ou associada a uma doença ou quadro clínico somático, ou seja, têm relação direta com patologias orgânicas, psiquiátricas e até mesmo com o uso de medicamentos, correspondendo a mais de 60% das depressões.

Algumas condições que podem causar a depressão secundária:

  • Distúrbios endocrinológicos: hipotireoidismo, hipertireoidismo, diabetes mellitus e síndrome de Cushing.

  • Distúrbios neurológicos: AVCs, hematoma subdural, esclerose múltipla, tumores cerebrais, doença de Parkinson, distúrbios convulsivos e demência.

  • Doenças do tecido conjuntivo: como o lúpus eritematoso sistêmico.

  • Doenças debilitantes e neoplasias: como o carcinoma de pâncreas.

  • Medicamentos: anti-hipertensivos (reserpina, beta-bloqueadores, metildopa), hipnóticos e sedativos (benzodiazepínicos e barbitúricos), corticóides, cimetidina e ranitidina.

Dentro os sintomas, pode-se destacar a labilidade de humor, déficits cognitivos associados, apatia e lentificação psicomotora.

Há uma diferença nos comportamentos emocionais dos pacientes com o quadro associado à depressão secundária em lesão encefálica no hemisfério direito e hemisfério esquerdo, no qual é mais comumente encontrado alterações. A sintomatologia das lesões no hemisfério direito compreendem apatia e indiferença afetiva emocional. Enquanto, no hemisfério esquerdo, destacam-se respostas emocionais exageradas, como crises de choro e alta irritabilidade.

É muito importante constatar a depressão e buscar tratamento adequado, para evitar prejuízo ao desempenho social, profissional e pessoal do paciente. Dessa forma, a partir do diagnóstico, deve ser instituído um tratamento efetivo e confortável para reabilitar-se e adaptar-se a uma nova condição de vida.


Autora: Mariana Melo

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo